Curiosidades sobre o TDAH

 

  • Inteligência e TDAH

    Algumas pesquisas de mapeamento cerebral mostram que os portadores de TDAH tem um desenvolvimento das áreas que corrrespondem a cognição preservadas. Porém em testes de Q.I estas mesmas pesquisas demonstraram uma queda de 7 a 10 pontos e,Segundo RUSSEll (2002), esta baixa reflete, muito provavelmente, os problemas secundários impostos pela condição de TDAH e não propriamente o comprometimento da inteligência.

    Aliás, a inteligência preservada dessas crianças, por muitas vezes acabam por dificultar o diagnóstico do transtorno, uma vez que alguns profissionais só o consideram quando, somada as características peculiares, a criança apresenta também dificuldades para atingir a media escolar e quando isso não ocorre o diagnóstico não é feito e assim por conseguinte o tratamento também não acontece, postergando então, qualquer possibilidade de melhora dos sintomas.

    Ouso ainda dizer que os potadores de TDAH parecem ter um nível de criatividade acima da média e para conhecer mais sobre este assunto, leia o artigo: TDAH: um transtorno ou uma alta habilidade?

     

    • Curiosidades:
      ● Pode ser extremamente cuidadoso com algo e completamente descuidado com outro não menos importante
      ● Discrepância entre o potencial cognitive e a execução 
      ● Dificuldades para se recorder de instruções para início de um jogo por exemplo
      ● Moroso na sala de aula, porém vigilante e atento em atividades do seu interesse
      ● Quando portadores de TDAH se dedicam a fazer algo estimulante ou do seu interesse, conseguem permanecer mais tranquilas. Isto ocorre porque os centros de prazer no cérebro são ativados e conseguem dar um "reforço" no centro da atenção que é ligado a ele, passando a funcionar em níveis normais.
      ● O fato de uma criança conseguir ficar concentrada em alguma atividade não exclui o diagnóstico de TDAH. O fato pode estar ligado a característica de hiperconcentração que o portador de TDAH possui quando a atividade desenvolvida mexe com suas emoções
      ● O TDAH não se associa necessariamente a dificuldades na vida escolar, é mais comum que os problemas na escola sejam de comportamento do que de rendimento.
      ● As meninas têm menos sintomas de agitação e impulsividade do que os meninos, embora sejam igualmente desatentas.
       

      Drogas e TDAH

      Aproximadamente entre 20 a 50% dos adolescentes com TDAH abusam mais freqüentemente de cocaína e opióides do que os jovens normais. Este fato pode estar correlacionado com uma recente descoberta (Volkow et. al. 2007). De acordo com os estudos, portadores de TDAH tendem a abusar de substâncias ilegais porque a dopamina, que estimula o circuito cerebral de recompensa, está presente em quantidades significativamente menores nos cérebro dos portadores do TDAH. Substâncias como álcool, cigarro, cocaína e maconha, temporariamente aumentam a dopamina no cérebro, principalmente nas áreas de recompensa ou prazer.

 

O TDAH é comum?

Ele é o transtorno mais comum em crianças e adolescentes encaminhados para serviços especializados. Ele ocorre em 3 a 5% das crianças, em várias regiões diferentes do mundo em que já foi pesquisado. Em mais da metade dos casos o transtorno acompanha o indivíduo na vida adulta, embora os sintomas de inquietude sejam mais brandos. 

Existe mesmo o TDAH?

Sim, ele é reconhecido oficialmente por vários países e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Em alguns países, como nos Estados Unidos, portadores de TDAH são protegidos pela lei quanto a receberem tratamento diferenciado na escola.

Contato

#FECHADOCOMOTDAH fechadocomotdah@gmail.com